Inconsistências levam obra iniciada em 2010 à investigação. Prefeitura conta com o apoio da Câmara Municipal para finalizar o calçamento com recursos próprios.

A atual gestão de Delfinópolis retomou, no meio deste ano, as obras de calçamento das ruas do Distrito de Babilônia (Ponte Alta) que passaram por laudo técnico para quantificar o serviço executado até 2012, quando as obras foram paralisadas. Nas 5 vias onde era previsto o calçamento com bloquetes, assim como a confecção de meio fio, sarjeta, galerias de água e bocas de lobo, apenas a Rua Maria Juscelino Morais foi concluída em toda extensão. Também em vistoria às ruas, foi verificado que o assentamento das peças não segue as normas técnicas. Conclui-se no processo que apenas 39,30% foram executados dos 74,85% pagos à empresa contratada, resultando em uma inconsistência de 35,55%.

A Prefeitura Municipal vem trabalhando em parceria com a Câmara Municipal para atender as necessidades da população. E, é assim, que dará continuidade no calçamento dos bloquetes nas ruas do Distrito de Babilônia. Pois todo o calçamento, a partir de agora, deve ser custeado com recursos próprios. Com o repasse no valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) realizado pela Câmara Municipal, a Prefeitura dará seguimento no meio fio e, em breve, a obra será entregue à população que tanto sofre no local.

No local onde a obra está sendo executada, anualmente são registradas enxurradas agravadas pela falta de calçamento nas ruas de terra. Muita água e lama invade os imóveis na época das chuvas, quando alagamentos atingem até 3 palmos de altura.

Após a perícia, foi solicitado a abertura de investigação pelo Ministério Público. Confira o laudo técnico completo da perícia judicial do processo 0151.14.000946-6.

Laudo técnico completo da perícia judicial (Processo nº 0151.14.000946-6)
Faça o download do laudo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here