Atraídos por uma lista de atrativos sem fim, mais de 12 mil turistas em família e amigos lotam as acomodações de Delfinópolis, localizada ao pé da Serra, banhada pelo Rio Grande e com estradas que dão acesso ao Parque Nacional da Serra da Canastra.

Durante o Feriado da República, todas as pousadas, hotéis e ranchos estavam com seus leitos ocupados. Na quinta-feira, os carros começaram a chegar de cidades e estados vizinhos. A grande procura por Delfinópolis para descansar e aproveitar os dias de folga não surpreende, uma vez que a região oferece experiências para diversos tipos de público, além de estrutura de hospedagem, serviços e estradas cada vez mais desenvolvida para receber os turistas com a boa “acolhida” mineira.

Durante o ano de 2019, o município de Delfinópolis realizou diversas ações para promover o turismo. Obras de infraestrutura nas estradas rurais, eventos, criação da identidade de artesanato local com a fibra da banana e reativação do COMTUR aconteceram para enriquecer a experiência do visitante e a presença em feiras de turismo no estado de Minas Gerais e São Paulo para apresentar os seus atrativos e expandir as oportunidades do setor. Os investimentos que vêm sendo realizados continuamente resultaram nas consquitas da Categoria C no Mapa do Turismo Brasileiro junto com Capitólio pelo seu desempenho econômico e do Prêmio Nacional do Turismo com o Circuito Nascentes das Gerais e Canastra.

Os mais de doze mil turistas que passaram por Delfinópolis no Feriado da República são mais uma conquista dos resultados do trabalho que vêm sendo desenvolvido em conjunto com os agentes do setor do turismo. Um levantamento de dados de tráfego na balsa, nas pousadas, nos eventos, na Gurita, na Babilônia e na praça foi realizado para mensurar o movimento que a cidade recebeu durante os três dias de folga.

Localizada ao Sul da Serra da Canastra e ao Sudoeste de Minas, Delfinópolis chama a atenção pelas mais de 150 cachoeiras entre as paisagens fascinantes das serras e chapadões. Atrativos naturais não faltam por aqui! As piscinas naturais e os caudalosos rios são um convite ao turismo ecológico e de aventura.

O primeiro atrativo é visto logo na chegada ao município, com a travessia do Rio Grande feita por balsa ou por três estradas de terra (BR 464 via São João Batista do Glória, Sacramento ou Ibiraci). Dali já se podem observar cenários preservados com fauna e flora típica do cerrado, enchendo os olhos de nossos visitantes.

Banhos de cachoeira desestressantes, vistas para o pôr do sol mais lindas e boas ‘prosas’ com café, pão de queijo e o famoso Queijo Canastra são o charme da pequena cidade.

ECOTURISMO

O que torna Delfinópolis diferente quando o assunto é Turismo Ecológico são as trilhas que interligadas em circuitos que dão acesso a canyons, paisagens e cachoeiras. Os trajetos se cruzam com regiões diferentes da Serra da Canastra e podem ser feitos na modalidade de Trekking, Hiking, Mountain Bike, Cavalgada e Veículos 4×4. Com trajetos de um ou mais dias, as expedições incluem paradas nas hospedarias locais com currais e comidas mineiras à espera.

A região é considerada o berço das águas que alimentam importantes bacias hidrográficas do Brasil, fazendo com que a prática de esportes náuticos se torne ideal com toda essa abundância em água. Das margens do Rio Grande e da Represa de Peixoto, saem chalanas, jet skis e lanchas para passeios, barcos para pesca esportiva. Canoagem também é uma boa pedida, assim como boia-cross e rafting para os mais aventureiros.

A gastronomia típica mineira é um atrativo à parte (e irrecusável). Os diversos restaurantes urbanos e rurais, queijarias e docerias agradam a todos os visitantes que podem se deliciar com os produtos artesanais e de origem local como: queijo canastra, pães de queijo, doces, cervejas, cachaças, carne de lata e muito mais.

A arte e a criatividade pelas mãos das artesãs da cidade, que expõem o artesanato local com peças decorativas feitas à mão com materiais, muitas vezes, naturais e reutilizados na Casinha de Pedra e na sede do COMTUR.

Durante o ano, o calendário cultural também atrai turistas em busca de festas e religiosidades tradicionais que possuem um grande acervo histórico cultural, como a Folia de Reis e das Almas, Feira da Banana, Festa do Queijo e o Festival de Gastronomia.

Seja bem-vindo e surpreenda- se neste Paraíso do Ecoturismo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here